O que influencia qual o tipo da crista das galinhas? Por dentro da genética

Olá pessoal! Como estão? Continuando as postagens sobre genética, hoje vamos falar sobre CRISTAS, uma das características mais peculiares das nossas aves. As galinhas tem uma grande variedade de tipos de crista! Na imagem podemos ver os 4 “modelos básicos”, já que sabemos que existem mais que esses (como é o caso da crista em forma de chifre ou V dos poloneses).

Tipos de cristas em galinhas, diferentes cristas das galinhas, genética de cristas de galinhas

O tipo de crista é basicamente controlado por dois diferentes genes em dois cromossomos diferentes. Um gene é o CRISTA ROSA (representado pela letra R) e o outro gene é o CRISTA ERVILHA (representado pela letra E). A presença do gene é representada pela letra MAIÚSCULA e a ausência do gene é representada pela letra minúscula. O gene CRISTA ROSA e o gene CRISTA ERVILHA podem se expressar no estado heterozigótico, ou seja, apenas uma cópia desses genes é suficiente para que esse tipo de crista ocorra. Então, ambos os genes podem ser considerados genes dominantes. Vamos exemplificar:


RRee ou Rree: CRISTA ROSA.

rrEE ou rrEe: CRISTA ERVILHA.


Agora, quando os genes R e E estão presentes, eles agem de maneira codominante, ou seja, os dois fenótipos se manifestam juntos! E aí surge a crista NOZ.


RrEe, RrEE, RREe ou RREE: CRISTA NOZ.


E quando os dois genes estão ausentes, surge a CRISTA SIMPLES!


rree: CRISTA SIMPLES.


Assim, fica um pouco mais fácil de entender como essas cristas se manifestam e podemos programar melhor os cruzamentos buscando um resultado específico!


704 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo