MEU CASAL DE FÊNIX, DOENÇAS, DIFICULDADES? VEJA NO POST ABAIXO ESSA NOSSA HISTÓRIA;

Olá galera, tudo bem com vocês?

Então hoje vou contar um história bem interessante para vocês sobre meu casal de Fênix. Você que está lendo já teve ou sabe de alguém que cria? Deixem aí nos comentários, mas primeiro vamos contar como tudo começou, sim isso mesmo do início rsrsrs





_ Há cerca de dois anos atrás eu estava com algumas aves disponíveis e sempre usei um aplicativo de vendas para anunciar. Então anunciei as aves e consegui vender em poucas horas. Em seguida, peguei o dinheiro e resolvi comprar perus, isso mesmo: PERUS galera. E fui no mesmo app de vendas procurar pelas aves tão desejadas naquele momento Na busca encontrei um casal muito lindo de perus mesclados, clarinhos mas com umas pintinhas pretas e marrons que pareciam desenhadas a mão, chamei o rapaz e combinamos de eu ver as aves, e assim foi, chegando lá fiz amizade com o mesmo que hoje é meu amigão, Antônio o nome dele. Apaixonei pelas aves, eram perus gigantes! Ele fez um descontão e trouxe um macho e 3 fêmeas, sim e ainda ganhei 3 peruzinhos.

Os meses se passaram e então ele me pediu uma forcinha para da uma geral nas baias das aves porque ele tinha muitas, e lá fui eu ajudar, foi uma tarefa árdua mas conseguimos em dois dias limpar tudo, e aí no último dia ele falou para eu levar uma caixa para trazer algumas aves, eu fiquei surpreso claro, não esperei que ele iria me dar né?



_ Quando fui ver ele me disse assim: "escolhe aí um casal dessa raça fênix!". Eu fiquei super feliz com as aves e disse a ele qualquer uma que me dê tô feliz demais, pois aí ele pegou esse casal lindo que tenho hoje, e trouxe pra casa.


Não pensem que foi fácil. Passaram se alguns dias e tive a surpresa de bouba, sim tiveram bouba aviária, ficou em estágio avançado não sabia como salva-los, pois a situação era grande. Aí informei esse meu amigo Antônio, que veio e me socorreu com alguns medicamentos próprios para o tratamento dessa praga, e aí fomos aos poucos vendo a recuperação deles. Em seguida, várias e várias doenças apareceram depois dessa, e cheguei a ver o meu galo morto praticamente, fiquei numa tristeza porque não tinha conseguido tirar raça dele ainda né. Porém, finalmente consegui curar a doença dele, e logo após alguns dias ficou gripado, não queria comer e nem beber água, fui desanimando e pensei pronto agora perdi meu galo.



Mas como temos um Deus que cuida de nós nos mínimos detalhes eu entreguei nas mãos dele e sai do galinheiro confiante, mas triste claro. Não se passaram dois dias e o galo começou a comer e beber água, cara que alegria eu fiquei, e então começou a muda de penas, quando esse fênix trocou as penas ficou a coisa mais INCRÍVEL que pude ver, e até hoje ele está resistente com pouco mais de 3 anos de vida. Depois de tantas dificuldades consegui tirar pintinhos deles no final do ano passado e pretendo ter muitos com a graça de Deus, pois acho incríveis, além do fato de que na minha região ser muito caro e difícil de encontrar.

Bem galera essa história foi resumida mas deu pra entender né? Deixe seu comentário, sua opinião ou dúvida, desde já agradeço e não se esqueça de seguir meu amigo Luís @ranchoLW e nosso criatorio @cantodosgarnises@oficial no Instagram hein, forte abraço e até a próxima.

31 visualizações1 comentário